"

'Ofereço-me para cooperar com amor a fim de compartilhar a abundância de meu coração.'
'Comunico-me sem apegos e descubro a harmonia de evoluir na Terra.'

sábado, 25 de junho de 2011

A seara on-line


Semear no campo a semente digital da internet deve ser prioridade política do Governo e compromisso histórico do Brasil para com a Agricultura Familiar, banhada há muito tempo por maldades externas imperialistas, enganações mercantis e, descaso com a extensão da comunicação, descaso estrutural com as instituições que levam a informação até o campo.

Internet de banda larga no campo é o tema da entrevista ao Jornal da Contag – confederação nacional dos trabalhadores na agricultura – que o jornalista Altamiro Borges se referiu. Acabei lendo quando eu estava na Apaf – associação de apoio a agricultura familiar - no município de Vazante, Minas Gerais.

Em minhas visitas a pequenos produtores familiares, passei a dar maior visibilidade ao impacto e progresso desenvolvimentista das cercanias comunitárias que tal acesso a internet vai levar. Nas associações – entidades rurais – nas escolas do campo, nas residências rurais e, até, casarões já perfazendo a partilha da herança.

A entrevista é duma extrema importância para conscientizar de maneira sustentável a inclusão digital nos campos brasileiros, com  o real fortalecimento da agricultura familiar brasileira. Basta ver agora, como o analfabetismo de nossos políticos irão apoiar tal evolução no campo, principalmente o nosso Ministro da Agricultura, Wagner Rossi que, depois desta declaração aê em baixo, nas *figuras em anexo no post (entrevista para uma revista da Agrishow, na semana em que a feira estava ocorrendo; a mesmice de sempre. Tal discurso, secular nas entranhas ideológicas, tão batizado e pseudo, com uma falta de ética tamanha, chegando a doer: me envergonha perante àqueles estrangeiros, novos-industriais-burocratas e suas grandes corporações irracionais ao fututo da Terra, comandada pelas tão confusas instabilidades das commodities) o teu declarado desapoio as nossas raízes agrárias – aos produtores e produtoras rurais que curam a terra, providenciam o requerido alimento, ficam a raiz, sobrevivem... É lamentável, Sr. Ministro.

_ACESSO A ENTREVISTA AQUI em pdf
Porquê o campo precisa da Internet de banda larga_

*

Oliver Blanco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"no artigo 5º, inciso IV da Carta da República: 'é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato'."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...