"

'Ofereço-me para cooperar com amor a fim de compartilhar a abundância de meu coração.'
'Comunico-me sem apegos e descubro a harmonia de evoluir na Terra.'

terça-feira, 22 de março de 2011

AS ÁRVORES E VOCÊ

_via Apodema_
 UM GUIA PARA DESCOBRIRMOS 
O QUE AS 
ÁRVORES PODEM DIZER DE NÓS

ÍNDICE

CARVALHO: 21 de março, equinócio de outono.
IPÊ: 21 de junho, solstício de inverno.
OLIVEIRA: 23 de setembro, equinócio de primavera.
JACARANDÁ: 21 de dezembro, solstício de verão.
GOIABEIRA: 22 de dezembro a 1º de janeiro – 24 de junho a 4 de julho.
CEDRO: 2 de janeiro a 11 de janeiro – e de julho a 14 de julho.
QUARESMEIRA: 12 de janeiro a 24 de janeiro – 15 de julho a 25 de julho.
CIPRESTE: 25 de janeiro a 3 de fevereiro – 26 de julho a 4 de agosto.
AMOREIRA: 4 de fevereiro a 8 de fevereiro – 1º de maio a 14 de maio – 5 de agosto a 13 de agosto.
COQUEIRO: 9 de fevereiro a 18 de fevereiro – 14 de agosto a 23 de agosto.
PINHEIRO: 19 de fevereiro a 28/29 de fevereiro – 24 de agosto a 2 de setembro.
SALGUEIRO: 1º de março a 10 de março – 3 de setembro a 12 de setembro.
EUCALIPTO: 11 de março a 20 de março – 13 de setembro a 22 de setembro.
CAJUEIRO: 22 de março a 31 de março – 24 de setembro a 3 de outubro.
BAMBU: 1º de abril a 10 de abril – 4 de outubro a 13 de outubro.
MANACÁ: 11 de abril a 20 de abril – 14 de outubro a 23 de outubro.
PAINEIRA: 21 de abril a 30 de abril – 24 de outubro a 2 de novembro.
MANGUEIRA: 15 de maio a 24 de maio – 3 de novembro a 21 de novembro.
ACÁCIA: 25 de maio a 3 de junho – 22 de novembro a 1º de dezembro.
SERINGUEIRA: 4 de junho a 13 de junho – 2 de dezembro a 11 de dezembro.
FIGUEIRA: 14 de junho a 23 de junho – 12 de dezembro a 21 de dezembro.

Carvalho: uma natureza forte e estável

          “Eu quebro mas não envergo!” Assim é o carvalho. Trata-se de uma belíssima personalidade. Apesar de algumas idéias conservadoras, esta árvore é bastante liberal, mas é um tiquinho egoísta: não liga muito para o que acontece ao seu redor. Contudo, sua amizade é valiosa, pois trata-se de um excelente apoio para quem é mais fraco. Parece que no amor o carvalho tem uma leve tendência á infidelidade. Mas com o passar do tempo ele sossega e ama sinceramente. Sua inteligência é calma, clara e precisa. Dificilmente ele se engana: sabe exatamente em que terreno está pisando...

Ipê: o gênio da criatividade

          Elegante e discreto. Esta é a definição do ipê. Mesmo tendo razão, ele não discute: o tempo demonstrará que estava certo! Quem é ipê sabe cuidar das finanças. Gosta de um certo requinte, embora não seja muito esnobe. Seu sonho: morar no campo, em plena natureza, mas confortavelmente. O ipê é fiel e se satisfaz com uma vida sentimental calma, sem sobressaltos. Sua inteligência é ampla, e seu espírito criativo não tem limite. Em resumo, tem grande talento que pode abrir muitas portas no campo artístico. Um probleminha de quem é ipê: a falta de comunicação com seus semelhantes. Que tal um esforço?

Oliveira: uma sabedoria infinita

          De meia altura, rechonchuda e atraente, a oliveira é possuidora de uma beleza toda especial: lembra uma escultura. O sol é seu melhor amigo. Sem ele, esta árvore sofre terrivelmente. Se você é oliveira, deve ser uma pessoa pacífica e de boa índole. É sábia e gosta de situações claras e definidas. Detesta a violência sob qualquer aspecto. Vida complicada não é com você, que também deixa que os outros vivam como querem. Inteligência e instrução não faltam à oliveira que, porém, é um pouco ciumenta, mas se esforça em respeitar a liberdade do ser amado. No conjunto faz de tudo para viver sabiamente.

Jacarandá: o temor de ficar velho!

          Belo, nobre, desenvolto, alto, rodeado de mistério e magia. Este é o jacarandá. Se esta é sua árvore, você deve ser tudo isso mas com uma pontinha de sofisticação. Adora tudo que é original, diferente. Sem dúvida, você sabe organizar seus projetos e realizá-los com grande sucesso. Embora amoroso, o jacarandá é também um pouco interesseiro. Isso, às vezes, o isola dos outros. Mas mesmo assim tem amigos. No amor, pouca fantasia: suas atitudes são convencionais, mas ele não deixa de ser um bom parceiro. Ah, o jacarandá não quer ficar velho. Homem ou mulher, ele cuida do físico com dedicação.

Goiabeira: o prazer de viver no presente

          Bonita, carinhosa, sensual e colorida quando carrega suas frutas... Esta é a goiabeira, que faz os outros pensarem em amor, mesmo se não os provoca. Na verdade, é sensual e tem talento inato para o erotismo. Amando de verdade, é fiel até a morte. Mas se o amor se tornar monótono, prefere romper a cair na rotina. É generosa e não é nada calculista. Se você é goiabeira, não deve gostar de pensar no futuro: acha que o momento presente é que deve ser vivido plenamente. A goiabeira representa uma personalidade cheia de amor e simpatia, que atrai todo mundo...

Cedro: um egoísta muito feliz

          Sóbrio, distinto e inacessível! Mas as aparências enganam. No fundo, o cedro adora ser o centro das atenções. Adora acontecimentos sociais, luxo, viagens caríssimas, etc., e não mede sacrifícios – seus e dos outros – para conseguir o que quer. Em questão de amor, você que é cedro acha lógico e normal receber sem dar nada de si. Mas quando se apaixona para valer, então vira uma verdadeira fogueira e é capaz de seguir o ser amado até o fim do mundo. Mas fora disso, o cedro é mesmo realista. Tem uma inteligência fabulosa mas nem sempre escolhe a carreira certa para ele. Que pena, não?

Quaresmeira: uma beleza sem artifício

          Ninguém resiste a um homem ou a uma mulher-quaresmeira. A beleza dessa árvore impressiona: grande, bonita, bem-feita. E você confia tanto nos seus dotes físicos que, às vezes, até fica esquecendo de cuidar de seu visual! Fique alerta, pois poderia envelhecer antes do tempo, e isto seria muito triste, não acha? A quaresmeira é muito carinhosa, mas extremamente mandona, ao mesmo tempo que não suporta receber órdens. Contudo, tem espírito de família e sabe criar uma atmosfera contraída e agradável. Seu senso de humor é notável e, em geral, todo mundo gosta de viver ao lado dela.

Cipreste: fidelidade para sempre

           Em geral, as pessoas-cipreste têm traços firmes e um corpo musculoso e bem desenvolvido. Se você é cipreste, vive com pouco e sabe adaptar-se às mudanças e às circunstâncias. Bem jovem, torna-se independente. E como é versátil. Ele sente-se feliz de qualquer jeito. O cipreste adora o campo, gosta de animais, de crianças e de todo mundo. É fiel aos seus amores, amigos e lembranças. Quando se casa, é para toda a visa. Mas ele é muito sentimental. É uma mistura de severidade e calor. Seu defeito? Às vezes sua companhia pode ser monótona. Bem, isso pode acontecer com os outros também, não é?

Amoreira: o pessimismo atrapalha

          Você é bonita, charmosa e cheia de calor, amoreira. Por que então não tem força de vontade? Na verdade, você se deixa levar pela vida, sempre desencorajada. Seu pavor à velhice é tão grande que já se sente derrotada antes de começar a lutar! E é por isso que, aos poucos, você vai se entregando sem nem procurar enfrentar a vida. Gente alegre e sadia, umas boas amizades poderiam animá-la. Mas a amoreira é orgulhosa e não costuma pedir ajuda a ninguém., não é? Seria muito bom você vencer esse orgulho excessivo, viu? Estamos em plena era da comunicação, lembra? Então? Não fique parada aí, vá em frente!

Coqueiro: o amor sem limite 

          Uma árvore bonita e resistente. Assim é o coqueiro que faz lembrar um guerreiro que não se assusta com nada. Além de ser muito generoso, o coqueiro é um grande amante. Para ele, o amor deve ser intenso, sem limite. No dia-a-dia, ele se adapta a tudo e é por isso que pode viver com dignidade em qualquer situação. Confia em si próprio, tem senso de humor e vivacidade de espírito. Decide e age depressa, pis seu raciocínio é ágil, rápido. É uma aventura muito gratificante viver ao lado de uma pessoa-coqueiro, pois o amor se renova constantemente e não há o menor sinal de tédio...

Pinheiro: um grande amor ajuda!

           Esta é uma árvore de personalidade marcante, forte. Quem se parece com ela é bonito, elegante, requintado, adora sua casa, móveis finos, objetos antigos, de valor. Tudo isso o pinheiro consegue com seu trabalho e muito esforço. Na  vida cotidiana, mesmo nos piores momentos, ele não se deixa abater. Ergue-se em toda sua altura, resiste e vence! Sim, é um tiquinho egoísta, mas, no momento em que aparecer um grande amor em sua vida, as coisas mudam. Amando muito, o egoísmo passará a segundo plano. Viver ao lado de uma pessoa-pinheiro pode proporcionar felicidade, bem estar, segurança...

Salgueiro: a atração à infidelidade

           Que linda árvore! Tem um lar langoroso, sensual e melancólico ao mesmo tempo. Será nisso que reside todo aquele charme? Se você é salgueiro, não tem dúvida: deve gostar da luz dourada da manhã, das águas tranqüilas de um lago, do pôr-do-sol, dos perfumes da natureza. Aproveita todos os momentos da vida, sem deixar escapar nenhuma alegria ou diversão. Você é uma pessoa amiga, mas, sob uma aparência delicada, é decidida e corajosa. Detesta os compromissos, adora amar e vibra com situações românticas, mas, como gosta de novidades, não é lá muito, muito fiel!

Eucalipto: um espírito contraditório

          Alto, bonitão, seguro de si, o eucalipto engorda com a idade. Portanto, deve ficar de olho. A pessoa-eucalipto é agradável e sabe usar seu charme com inteligência. É capaz de se meter nas mais incríveis encrencas e sair sem um arranhão – o resto do pessoal, nessas alturas, está todo contundido! O eucalipto gosta de conforto, mas, também, pode prescindir dele. Apesar de uma aparência calma, é agitado e tem uma mente um tanto contraditória, que o prejudica bastante: com ele, tudo é oito ou oitenta. No casamento, eucalipto é possessivo demais e...ciumento. bem, pode dar um jeito.

Cajueiro: um toque de originalidade

          Alguém pode passar perto do cajueiro sem notar sua presença, mas, de repente, vai sentir o fluído que se desprende dele. Na verdade, há toda uma atmosfera mágica que faz parte desse símbolo. Será sua capacidade de amar, sua inteligência, seu carinho? Provavelmente, tudo isso junto. A pessoa-cajueiro dá grande valor à amizade e é capaz de grandes sacrifícios por um amigo, mas os inimigos que se cuidem! Seu espírito é sutil e intuitivo,: compreende tudo e percebe as coisas antes de qualquer outra pessoa. Se você é cajueiro,... Bem, há um pouco de feitiçaria em você!

Bambu: aquele que não perdoa!

          Gracioso, delicado, simpático, o bambu se movimenta como se estivesse voando. Se seu símbolo é o bambu, você deve ser uma pessoa abnegada, capaz de se privar do próprio conforto em benefício dos outros. É independente e, ao mesmo tempo, dependente. Quando algo anda errado, você logo acha que a culpa é sua. Olhe, um conselho: responsabilize-se pelo que você faz e não pelo que os outros fazem! No amor, você dá tudo de si, mas sofre se a pessoa a quem ama não retribui suas atenções. Felizmente, na vida do bambu, sempre aparece quem sabe compreendê-lo para sempre!

Manacá: os sentimentos complicados

          Árvore bonita e vigorosa. Não se importa com as mudanças climáticas. Resiste. Se você é manacá, pode dar-se por feliz porque, além de tantas qualidades, possui uma bonita mistura de timidez e curiosidade. Você inspira confiança. É por isso que muita gente lhe faz confidências. Compreende. Bem, o manacá possui também alguns defeitos, como o de dormir no ponto depois de Ter conseguido um êxito. Convém dar um jeito para não ser passado para trás, viu? Geralmente, você vive amores complicados. Mas não se importa porque acha que os sentimentos devem ser movimentados.

Paineira: meiguice e agressividade

          No fundo, a paineira é dominada pela timidez! Daí que se esta árvore é seu símbolo, você é uma pessoa cheia de contradições. A paineira é caprichosa e generosa. Às vezes tem ótimo caráter: outras, péssimo. É meiga e também egoísta, mas se preocupa pelo bem-estar dos demais. É constante e inconstante. Ri e chora ao mesmo tempo. Ah, e é ciumenta! É claro que com tudo isso sua vida sentimental não é das mais harmoniosas, não é? Até você se surpreende com as situações que apronta. Sucesso na vida? Sim, mas muitos serão os altos e baixos, é bom tomar providências.

Mangueira: a vitória da justiça

          A mangueira precisa de espaço, ar e sol para desenvolvê-la bela, forte e cheia de frutos. Se você  é mangueira, tem senso inato de justiça. Defende os mais fracos, mesmo que não tenha nada a ver pessoalmente com o problema. Por isso, muitas são as decepções na sua vida. Se conseguisse raciocinar com calma e um pouquinho de frieza, você alcançaria seus objetivos. Sentimentalmente, fica remoendo suas amarguras e vive numa eterna mágoa. É uma pena, viu, porque com todos os predicados que você tem, poderia Ter uma vida mais harmoniosa e, é claro, viveria bem melhor...

Acácia: fantasia e ambição

          Difícil encontrar alguém que não goste da acácia:viva, exigente, boêmia, alegre e um pouquinho irresponsável. Bem, há quem se irrite com ela. Mas ela nem liga. Ao contrário, acha graça. Se seu símbolo é a acácia, você é uma pessoa ambiciosa e, sobretudo, quer ser alguém na vida. Não admite que lhe passem a perna. Por isso, arremessa com toda a sua força. E vence. E no amor? Espanto: a acácia é fiel! Você tem a possibilidade de escolher o parceiro certo porque, apesar de parecer um pouco desmiolada sabe pesar os prós e contras com muita sabedoria.

Seringueira: uma beleza inatingível

          Bela, belíssima. Esta é a seringueira, cuja beleza distante assusta um pouco. Se ela é sua árvore símbolo, saiba que todo mundo considera você como uma pessoa excepcional. Contudo, você não sabe difundir calor. Com o passar do tempo, sua beleza se torna mais pujante e também mais sofisticada. Seu traço mais marcante é o desdém. Resultado: você não é feliz porque ninguém tem a coragem de se aproximar. É uma pena, porque você pode amar com força, profundamente e para sempre. Isso se decidir a usar mais compreensão. Você, ainda, tem a possibilidade de entrar no mundo maravilhoso do amor.

Figueira: a sensibilidade exagerada

           Impressionante a personalidade da figueira! Não é que seja linda, mas seus traços são tão marcantes que nunca, em nenhuma circunstância ela vai passar despercebida. Se você nasceu figueira, é uma pessoa sensível e um pouco complexada, aliás sem motivo. Você é muito sensível e não suporta a adversidade: pobreza súbita, perda de um grande amor, demissão do emprego, tudo isso o desorienta. Precisa de tempo para se recuperar. Você possui uma inteligência lúcida. Por que não se servir dela para organizar sua vida? Muita coisa pode mudar, sabe? O sucesso, desde já, está assegurado.


P.S. ainda não tenho a fonte

Oliver

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"no artigo 5º, inciso IV da Carta da República: 'é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato'."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...