"

'Ofereço-me para cooperar com amor a fim de compartilhar a abundância de meu coração.'
'Comunico-me sem apegos e descubro a harmonia de evoluir na Terra.'

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Jalapa brasileira


Visitei a propriedade do Sr. Caciano, produtor beneficiado com o projeto PAIS - Produção Agroecológica, Integrada e Sustentável - no noroeste mineiro, município de Vazante, para cadastrá-lo na OCS - organização de controle social. Em seu quintal colhi a flor seca acima, na foto, que contém 4 sementes pretas de casca bem dura. O produtor me contou que é a batata-de-são-jerônimo. Na ocasião ele tinha colhido o tubérculo que estava secando encima do telhado de sua pequena área onde proseavamos.

Caciano utiliza a planta como lombrigueira. Disse que combate os vermes (endoparasitas) dos animais ofertando a batata moída na alimentação.

Segundo, *"Girão et al. (1998) relacionaram 54 espécies de plantas utilizadas no tratamento de animais domésticos, através da aplicação de questionários junto a criadores nos municípios de Monsenhor Gil, Campo Maior e Castelo do Piauí, PI. Destas, quinze foram citadas para o tratamento da verminose: abóbora (Cucurbita moschata), bucha-paulista (Luffa operculata), batata-de-purga (Operculina sp.), crista-de-galo (Heliotropium sp.), hortelã (Mentha sp.), mamoeiro (Carica papaya), mamona (Ricinus communis), maria-mole (Senna alata), mastruço (Chenopodium ambrosioides), melão-de-são-caetano (Momordica charantia), milone (não identificada), pau-de-leite (Plumeria sp.), pinhão-branco (Jatropha curcas), vassourinha (Scoparia dulcis) e velame (Croton sp.). Nos Testes de Redução de OPG, em fezes de caprinos infectados naturalmente por nematódeos gastrintestinais, os resultados apresentaram uma tendência de redução do OPG no sétimo dia após a administração do extrato das plantas."


fonte: A floresta
**No Brasil, a batata-de-purga, cujo nome oficial é jalapa brasileira, é extraída das espécies Operculina macrocarpa (L.) Farwel e Operculina alata (Ham.) Urban, pertencentes à família Convovulaceae. Ambas são trepadeiras e seus frutos, após a maturação, assemelham-se a flores secas, contendo de uma a quatro sementes. O. macrocarpa é bienal, tem flores brancas e frutos arredondados, enquanto que O. alata é anual, possui flores amarelas e frutos de forma estrelada. São espécies silvestres, comuns no Nordeste brasileiro propagando-se por sementes ou tubérculos. A resina glicosídica, que é o seu princípio ativo, está contida no tubérculo e apresenta ação laxativa e purgativa (MATOS, 1998), admitindo, porém, utilidades diversas na medicina popular, como no tratamento de doenças de pele, reumatismo, bronquite e asma (MATOS, 2000). Na medicina veterinária, demonstra bons resultados como anti-helmíntico, inibindo a eclosão de ovos de nematóides (GIRÃO et al., 1998). As sementes de batata-de-purga têm o tegumento duro, um dos tipos mais comuns de dormência, sendo impermeável à água e aos gases, que, no entanto, pode ser superada através de alterações estruturais que provocam o rompimento ou o enfraquecimento do tegumento, permitindo assim, a embebição (MEDEIROS FILHO et al., 2002), que compreende a primeira fase da germinação. O presente trabalho objetivou verificar o efeito da escarificação mecânica e da préembebição das sementes na emergência e crescimento de plântulas de batata-de-purga ‘branca’ e ‘amarela’.

**fonte: abhorticultura


UFPI - Pesquisa no campus de Floriano visa produtivida de planta terapêutica

Um comentário:

Postar um comentário

"no artigo 5º, inciso IV da Carta da República: 'é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato'."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...