"

'Ofereço-me para cooperar com amor a fim de compartilhar a abundância de meu coração.'
'Comunico-me sem apegos e descubro a harmonia de evoluir na Terra.'

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Formatura da Turma Chico Mendes

MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA – MST
INSTITUTO LAUDENOR DE SOUZA
REFORMA AGRÁRIA: POR ESCOLA, TERRA E DIGNIDADE!
 
A Turma Chico Mendes formandos do Instituto Técnico, Ensino Pesquisa e Extensão em Agroecologia Laudenor de Souza tem o prazer de lhe convidar para participar da formatura que será realizada no mês de Outubro, consideramos que a sua participação é imprescindível neste momento fazendo parte da socialização dessa conquista coletiva. Este é mais um passo dos imensuráveis que constituem a marcha do campo histórico da luta de classes.

Dias: 04,05 e 06 de Outubro de 2010 apresentações dos TCCs       
Dia: 07/10/10 Formatura     Inicio as 15:00h


Caros Técnicos e Técnicas em Agroecologia,

                Por não poder estar presente neste dia tão esperado por nós, não poderia deixar de pensar em vocês e de alguma forma fazer parte desta formatura.  Estou muito feliz por todos e todas que fizeram parte desta construção digna de uma revolução educacional, digna de uma luta infinda.

                Sartre enfatizou com razão, “é o próprio movimento da história – a luta dos homens em todos os planos da atividade humana – que libertará o pensamento cativo e permitirá que ele atinja seu pleno desenvolvimento.”

                Deveras saber que, toda essa efervescência da nova agricultura pós-industrial, cada vez mais técno-moderna, é oca e está em decadência permanente por ser insustentável. Carregadas de uma mesquinhez social, a sociedade da abundância, do cínico consumo demandado por uma minoria privilegiada; carregadas de ganâncias irreversíveis a humanidade, as chamada externalidades, em que todo este sistema da agricultura convencional vem causando efeitos catastróficos ao meio ambiente, à natureza e por fim a mãe Terra, o que fará com que, a riqueza de um industrial-burocrata, leve a extinção de nossa humanidade.

                Mas, “e agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José? e agora, vocês?” 

Grande Drummond lhes desafiando a não parar nunca de estudar, em ter sempre mais curiosidade, em ter sempre o instinto observador, já que o conhecimento está a sua volta. Novos desafios virão; novas etapas aparecerão; novos cursos, estágios, universidades, sim, e porque não! Alguns irão levar a Agroecologia a seus familiares, às suas comunidades, bairros, Agrovilas a outras salas de aula. Saiba desde já, que a Agroecologia exige dedicação, persistência e socialização. Deveras saber também que a agricultura é uma filosofia de vida.

Vocês aprenderam que a planta não se limita somente à parte aérea, como enxergam os ideólogos do Agronegócio. Sim, vocês descobriram que o mais importante está no solo, ou melhor, o que está a baixo dele também; vocês enxergaram a importância de se ter uma raiz forte para assim colher frutos sadios; longe, mais muito longe dos AGROQUÍMICOS.

Tenho orgulho de todos – Educadores, Educandos, da Zilda, Elen, Luiz, Lurdes, Bombinha, Darci, Eliana, Magnólia, e tantos outros. Laudenor teria paixão. A primeira turma é eterna, pois um dia entenderás que, o moderno ficou sem graça e “o futuro é uma brincadeira que a gente tropeça por ele” disse o grande Tom Zé.

“... o camponês é um “sujeito” criando sua própria existência” e hoje, mais do que nunca, dependerão de Técnicos em Agroecologia para manter preservada a sua espécie.

Grande abraço do amigo Oliver Blanco.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"no artigo 5º, inciso IV da Carta da República: 'é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato'."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...